Modelos também passam a ter uma chave especial que impõe limites ainda menores para pessoas específicas.

Medidas buscam reduzir ferimentos graves e mortes em acidentes.

Volvo V60 Divulgação/Volvo A Volvo cumpriu sua promessa feita em 2019 e começou a vender carros novos com velocidade limitada e uma chave que impõe ainda mais limites para determinadas situações.

As medidas buscam reduzir a zero o número de ferimentos graves e mortes em acidentes de trânsito.

O G1 questionou a Volvo sobre a chegada dos sistemas ao Brasil, mas a montadora ainda não retornou o contato. Agora, todos os modelos da marca terão a velocidade máxima limitada a 180 km/h.

Isso porque, para a empresa, as tecnologias de segurança e de estrutura dos veículos não são suficientes para evitarem fatalidades acima de determinadas velocidades. Mesmo envolvida em polêmicas pelas atuais decisões, a Volvo diz acreditar que "tem a obrigação de continuar sua tradição de ser pioneira na discussão sobre os direitos e obrigações das montadoras de tomar ações que podem salvar vidas, mesmo que isso signifique perder clientes em potencial". 'Chave de cuidado' Além de estabelecer um limite para a velocidade dos modelos, a fabricante também passa a disponibilizar mais um item de segurança.

Care Key da Volvo Divulgação/Volvo A Care Key, algo como "chave de cuidado" ou "chave de precaução" em tradução livre para o português, permitirá que o proprietário do veículo defina limites de velocidade ainda menores para situações ou pessoas específicas, como em empréstimos para amigos ou familiares. De qualquer forma, mesmo com a chave, a velocidade máxima permitida será de 180 km/h.

Na época do anúncio da tecnologia, também em 2019, a Volvo prometeu que apresentaria o sistema às seguradoras para buscar uma redução nos valores dos seguros.